© 2018 por Movimento Brasil Conservador. contato@colaboradoresmbc.org

 
 
G
M
T
Y
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A função de fala é limitada a 200 caracteres
 
[removed]
 
Opções : Histórico : Comentários : Donate Encerrar

CONHEÇA O MBC

O MBC é uma iniciativa suprapartidária e sem fins lucrativos, nascido da união de pessoas com os mesmos ideais e visão de mundo. Nossos diversos diretórios regionais são formados por cidadãos patriotas, idôneos e compromissados com a restauração do Brasil, pautados na defesa dos pilares da civilização ocidental e no combate à dominação cultural imposta por ideologias revolucionárias e destrutivas em nosso país. Conheça o projeto e tome partido nessa luta que é de todos nós!

APRESENTAÇÃO

Somos um movimento formado por diversas iniciativas culturais, educacionais, sociais e políticas com o objetivo de fomentar a transformação da realidade brasileira de baixo para cima. Acreditamos que uma sociedade só pode construir uma nação próspera, justa e decente se estiver em harmonia com as suas bases históricas e civilizatórias, que, infelizmente, vêm sofrendo ataques sistemáticos de ideologias destrutivas que, por sua vez, não têm como objetivo o que é melhor para o Brasil. 

Conforme a educação clássica, a filosofia grega, a moral judaico-cristã e o capitalismo de livre-mercado são abandonados, mais experimentamos a decadência econômica, social e moral que nos assola e que, por meio da desinformação midiática, serve de pretexto para que nos afastemos mais e mais do caminho correto, num ciclo vicioso que terminará — fatalmente — como já terminou tantas vezes na história: com miséria, morte e degradação da condição humana.

Com isso em mente, nossos princípios nos guiam na defesa das pautas essenciais para a manutenção da ordem social que buscam subverter. São elas:

— Preservando o direito à liberdade religiosa de todos, o MBC faz questão de garantir a  continuidade da essência cristã que construiu esse país, como um dos principais elementos culturais do Brasil;


— A defesa do direito à legítima defesa e o fim do estatuto do desarmamento;


— O direito à vida desde o momento da concepção;


— O fim de qualquer noção coletivista da sociedade que divide o povo em grupos de interesse;


— A defesa das liberdades individuais acima do poder estatal;


— A defesa da sacralidade da propriedade privada;


— A criminalização do terrorismo praticado por grupos invasores de terras e imóveis, seja em área rural ou urbana;


— A defesa de uma política econômica pautada no liberalismo clássico e não nas ideologias fracassadas de esquerda;


— O fim da relativização de valores que abre espaço para a decadência moral da sociedade;

— A defesa do Estado de Israel, enquanto uma ilha de democracia em meio as teocracias islâmicas e totalitárias do Oriente Médio.


— O combate à grande mídia que usa o seu monopólio da informação para criar a realidade que deseja e não para noticiar os fatos;


— O repúdio à legalização das drogas;


— A defesa do trabalho da Polícia e das Forças Armadas que precisam ser valorizados como instituições imprescindíveis ao povo;


— A crítica ao uso exagerado do garantismo penal que protege criminosos, enquanto as suas vítimas permanecem descobertas de qualquer atenção;


— O repúdio à inversão de valores estatal que trata o cidadão de bem com extremo rigor e descaso e os rebeldes, os perdidos e os subversivos com complacência e omissão.

 
O SIGNIFICADO DO ESCUDO

1 — Verde: O verde está vinculado às cores da bandeira brasileira, que representa a Casa de Bragança, em Portugal. Por outro lado, simboliza o país da "eterna primavera" nas palavras de Dom Pedro I.

2 — Amarelo: Está vinculado às cores da Casa de Habsburgo, a Imperatriz Dona Leopoldina era, originalmente, Habsburgo.

3 — Escudo: O escudo é uma arma de defesa que protege o corpo do guerreiro. Em nossa marca representa todas as forças que mantêm a socie-dade de pé, como a família, a moral, e as liberdades individuais.

4 — Raizes: Representam a base, os fundamentos. Ainda que ocultas para muitos, sustentam toda a árvore (a civilização), bem como as tradições, os mitos fundadores e a cultura.

5 — Galhos: São todas as ramificações da sociedade, indivíduos, insti-tuições, etc. Desligados do corpo e, logo, das raizes, os ramos definham e morrem. 

A árvore vai crescendo e, dessa forma, mudando, mas o que se modifica é apenas o cerco que rodeia uma parte imutável. Os anéis situados no centro continuam sendo os mesmos de quando era um broto. Deixaram de ser vistos, mas não deixaram de ser centrais. Quando nasce um ramo na parte superior de uma árvore, ele não se desprende de suas raízes, antes, ao contrário, quanto mais alto se elevam os ramos, com mais força a árvore terá de se prender às suas raízes. Este é o verdadeiro conceito do que deve ser o progresso sadio e vigoroso do homem, das cidades, ou de toda uma espécie. Mas quando os progressistas a que estou aludindo falam de evolução, não se referem a isto. Eles não desejam que mude a parte externa de um centro orgânico e permanente, como numa árvore; objetivam a modificação total e absoluta de cada parte a cada minuto, como a transformação que sofrem as nuvens. — G. K. Chesterton

"

COORDENADORES
ANDERSON C. SANDES

Cristão, escritor, poeta, pedagogo, conservador. — Vivo de poesia pra não morrer de razão. Site pessoal: andersonsandes.net 

 
 
G
M
T
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A função de fala é limitada a 200 caracteres
 
[removed]
 
Opções : Histórico : Comentários : Donate Encerrar
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
DAVY ALBUQUERQUE

 Acadêmico de Direito pela Mackenzie, colunista politico e editor-chefe do Conexão Política. Cristão por convicção e política por vocação.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
HENRIQUE OLIVEIRA

Contra o Comunismo, o Socialismo e a ditadura do politicamente correto

  • Twitter - Grey Circle
MAURÍCIO COSTA

Ser considerado chato e ultrapassado pelos jovens da minha idade é motivo de orgulho.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
PEDRO DELFINO

Administrador especializado em Finanças pela PUC-Rio, autor do livro Mentalidade Atrasada, Nação Fracassada, cristão, conservador e patriota. 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
RODRIGO MOLLER

Uma pessoa comum que está cansada de ver tanta coisa errada.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle